Você respira mal? Saiba que o estresse é provavelmente o culpado.

Por que a respiração, tão natural, às vezes se torna um problema?

Se você não tem problemas respiratórios, não fuma e ainda assim sente que respira mal, o estresse é certamente o culpado. Ele afeta diretamente sua respiração, e a situação pode piorar diante da agitação emocional. Com o estresse, a respiração se torna torácica (alta) e incompleta e as emoções mal resolvidas contraem o diafragma. Quando isso dura um certo tempo, não é incomum que apareçam palpitações, dor no peito ou sensação de aperto.

De fato, quando respiramos mal, o organismo apresenta os sinais de um estado de alerta: a frequência cardíaca e a pressão sanguínea aumentam, a digestão não funciona tão bem … Imagine as consequências disso tudo por meses e anos!

O que fazer em caso de dificuldade respiratória?

A primeira coisa a fazer é ir ao médico para se certificar de que não há patologia subjacente. Então, você precisa aprender a respirar melhor, com a sofrologia, por exemplo! De fato, a respiração controlada permite que você acalme o corpo e a mente. Portanto, você acalma suas emoções e todas as reações fisiológicas relacionadas. Estar no controle de sua respiração é, de certa forma, recuperar o controle de sua vida!