O terceiro plano de câncer implantado pelo governo desde 2014 e pelos próximos 5 anos já havia enfatizado a importância do atendimento oncológico, ou seja, o atendimento complementar que agora oferecemos às pessoas com câncer para aliviar efeitos dos tratamentos e promover o processo de recuperação.

O diário nacional A cruz hoje ecoa um estudo realizado por quase 6 meses entre 14 mulheres com câncer. Essas mulheres acompanharam o Efeito Papillon através de sofrologia regular, sessões sócio-estéticas e uso da rede social Bliss. O estudo constatou que esses pacientes estavam muito menos estressados ​​e melhor consigo mesmos.

No dia 25 de junho, em Nantes, os resultados finais serão apresentados em uma conferência dedicada aos cuidados paliativos.

publicidade

Por enquanto, veja aqui o artigo de cruz diária clicando em aqui e consulte o site da o efeito borboleta

www.leffetpapillon.net