Maio é pontilhada de pontes propícias ao relaxamento. Paradoxalmente, esse é um dos meses mais estressantes para os funcionários, que precisam enfrentar uma sobrecarga de trabalho em menos tempo assim que retornam. Aqui estão 5 dicas para superar isso enquanto estiver hospedado no Zen:

1 – Aplique a regra dos 80%
Considere agora que nem tudo pode ser feito. Apontar 80% do resultado é uma meta realista e ambiciosa. Lute contra um dos seus principais estressores: perfeccionismo. Adote o lema de Sheryl Sandberg, número 2 do Facebook: Feito é melhor que perfeito. (É melhor que seja feito do que perfeito).

2 – Adote uma organização rigorosa do tempo
Use os dias restantes para definir uma agenda de crise: liste o que você deve realizar, priorize, priorize e siga essa estrutura eficaz e tranquilizadora. Divida suas missões em várias subtarefas de 45 minutos, intercaladas com mini-intervalos de 5 minutos: sua concentração e sua eficiência serão otimizadas.

3 – Pare de antecipar
Canalize pensamentos que repetem que você não vai chegar lá. Eles desmobilizam você e o deixam ansioso, afetando sua produtividade. Adote a técnica de a caixa de preocupações : simbolicamente armazene esses pensamentos para aliviar sua mente.

4 – mantenha a calma Não deixe o nervosismo e seus efeitos deletérios se controlar: tensão muscular, caroço no estômago, dor de cabeça … Faça duas pausas respirações calmantes (uma inspiração por 5 segundos, uma expiração por 10) por dia (por volta das 11 horas da manhã e depois às 17 horas, por exemplo). Eles ajudarão você a acalmar o jogo de maneira duradoura.

5 – Areje-se
Aproveite viagens e pausas (almoço, por exemplo) para caminhar. Não apenas você respira o ar e oxigena seus neurônios, como também pode fazer uma pausa a partir deste momento praticando caminhada consciente (uma caminhada lenta sincronizada com a respiração).

Autor: Laurence ROUX-FOUILLET, Sophrologist.